BULDOGUE FRANCÊS – Tudo sobre a raça


Olá pessoas tudo bem com vocês? Eu sou Aninha
Campos adestradora de cães desde 2005 e você está no canal da Cão Em Foco
Educação Canina e hoje nós vamos falar sobre uma raça muito esperta, o Buldogue Francês, segue a vinheta! O Buldogue Francês iniciou a sua origem
na Inglaterra, ele era conhecido como Bulldog Pequeno,
alguns exemplares foram levados para a França onde continuaram a sua criação,
obviamente ele é um cãozinho francês! Um pouco teimoso e engraçadinho, adorado por
muitos, mas que não é um cachorrinho fácil de manter, é exigente e tem muitos
problemas de saúde, uma característica da raça são suas
grandes orelhas, ele já foi conhecido como cão de orelhas
de morcego, seu corpo é atarracado e forte, a altura pode variar de 24 a 35
centímetros na cernelha e o peso entre 8 a 15 quilos, sendo o menor
tamanho as fêmeas e o maior tamanho os machos, é uma raça braquicefálica, ou
seja, tem o focinho bem curto e sua mordida é prognata, o que significa
mordida prognata? Os incisivos inferiores devem apresentar-se diante
dos superiores, porém, não ao ponto de aparecerem fora
dos lábios, se o maxilar for muito pra frente, pode dificultar a alimentação do
animal e não é aceito numa exposição de cães.
Uma curiosidade é que a mandíbula desse cão é curvada! O temperamento desse
cão é alegre, divertido, engraçado, adora crianças, mas precisa ser
socializado com outros cães pois têm natureza mais difícil com outros animais,
também é natural que esse cãozinho seja possessivo e territorialista, os Buldogues trazem essa característica em sua genética junto com a sua teimosia, pra
vocês terem uma ideia, ele está na 58ª posição no ranking de inteligencia
canina, não porque ele seja burro, mas porque é teimoso por natureza e escolhe te
ignorar com frequência, por isso o treinamento realizado, deve ser sempre
divertido e reforçador, com métodos modernos, utilizando petiscos ou
brinquedos, tentar treinar esses cães na base da força não
funciona! É uma raça de companhia por excelência, odeia ficar muito tempo
sozinho e se ficar, poderá desenvolver ansiedade de separação e destrutividade,
é uma raça naturalmente bagunceira e ativa, destruir objetos faz parte de sua
vida, se preocupe com o enriquecimento ambiental e prepare brinquedos
específicos para que ele tenha o que fazer na sua ausência, também não nasceu para
ficar no quintal, esse cão foi feito para viver dentro de
casas sob muitos cuidados, pois a regulação da sua temperatura não é muito
eficaz, por causa de seu focinho, num momento de muito calor ou muito frio seu French, como ele também é conhecido, pode passar muito mal!
Ele deve ficar no ambiente controlado e fresco com sombra e no calor excessivo é
importante ter um ar condicionado ou no mínimo um ventilador para ajudá-lo a se
manter na temperatura corporal correta, sua energia é moderada, exige passeios
diários sim, e bastante atividade mental dentro de casa, porém, por causa de seu
focinho, muitos exemplares têm mais energia do que eles conseguem gastar,
seus donos devem se preocupar e moderar seus exercícios e brincadeiras,
geralmente é necessário parar antes que o cão esteja totalmente
saciado de brincar, correr ou fazer qualquer tipo de exercícios, sob o risco
de ele passar muito mal, podendo vir a óbito pela dificuldade de respirar e
regular a temperatura do seu corpo, jamais deve passear em horários quentes
e nunca passeios muito longos, sendo melhor fazer dois passeios por dia curtos,
de 30 minutos no máximo, do que um muito longo de uma vez, durante qualquer
atividade na rua modere o estado do seu Buldogue, se perceber que ele está
roncando demais ou sofrendo pra respirar, pare a brincadeira ou a caminhada, se ele
estiver solto brincando com outros cães por exemplo, coloque-o na guia e dê um
tempo para que ele descanse obrigatoriamente e se recupere,
mesmo ele não gostando muito disso, é importante para o bem estar dele! A saúde
dessa raça é bem debilitada, o que gera muitos custos em seus
cuidados, que devem ser levados em conta antes de adquirir um filhote, eles podem
ter problemas oculares gerais, têm uma tendência a otite muito frequente, então
é sempre bom higienizar os ouvidos com muito cuidado, com uma gaze ou algodão e
uma solução específica para isso definido pelo seu veterinário,
eles têm uma alta tendência a ter dermatites e problemas de pele em geral,
costumam também ter cheiro forte e as rugas faciais devem ser
higienizadas frequentemente para evitar fungos e mau cheiro, seu focinho curto
dificulta sua respiração e a regulação da temperatura corporal o que pode gerar hipertermia, que seria o aumento da temperatura corporal com muita facilidade, o que pode
fazer o cão passar muito mal, pode ter problemas respiratórios, roncos,
desmaios entre outros, não é aconselhável para o macho realizar uma cruza normal
como as outras raças, pois há risco de ele ter uma parada cardiorrespiratória
pelo esforço e a dificuldade de respirar, geralmente é feita inseminação
artificial e as fêmeas para terem seus filhotes precisam passar por cesariana,
pois a maioria não consegue ter parto normal,
colocando em risco a vida da mãe e da ninhada.
Bom, vocês já perceberam que é uma raça complicada de manter, é uma raça um
pouco mais difícil, que tem alguns problemas de saúde graves, então o
recomendado é que vocês sempre procurem um criador sério, que se preocupa com a
criação, com seus filhotes, com as mães e os pais, suas matrizes e seus
padreadores, porque? Se você adquire esse filhote de qualquer lugar, você pode
estar adquirindo de uma fonte duvidosa, comprar através de sites, pet shops que
você não pode conhecer o local, feirinhas colocam em risco a sua compra, você pode
comprar de pessoas má intencionadas que a sua criação é na verdade uma fábrica
de filhotes, que não se preocupa com a saúde de ninguém, não vacina, os cachorros
podem vir mais problemáticos, os filhotes podem ter mais doenças
genéticas, podem ter uma conformação errada do focinho
que compromete a sua saúde em toda sua vida, podem vir com problemas
comportamentais, porque o comportamento padrão da raça só pode ser padrão se
você pegar o seu filhote de um local confiável, que realmente se preocupa com
isso, se nasce um macho agressivo eles não vão colocar esse macho para cruzar, porque
os filhotes têm uma tendência grande de herdar se esse temperamento através da
genética, então, sempre se preocupem em conhecer o
canil, vá até o local, procure referências, converse com pessoas
que já compraram um filhote nesse local, é assim que você vai adquirir o seu
filhote de qualquer raça que for, de uma forma correta sem financiar pessoas
inescrupulosas que não têm coração, que só pensam no dinheiro, é assim que vocês
vão encontrar um canil confiável! Então é isso pessoal, espero que vocês tenham
gostado desse vídeo, não deixem se inscrever no canal,
deixe seus comentários, perguntas, dúvidas, comenta aqui que eu adoro ler,
vira e mexe eu faço Cão em Foco Responde, então eu vou responder às suas
perguntas, então é isso pessoal se inscreve no
cana,l curte o vídeo, compartilha, segue as redes sociais, ajuda a gente nessa
comunidade linda e maravilhosa, um grande beijo tchau! 😉

You may also like...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *